Compede e SEGPG apresentam projeto de acessibilidade para o município

imagem-noticia

26/12/2018

O Compede (Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência) apresentou na última quarta-feira (19/12), em reunião com membros da administração municipal, o projeto de acessibilidade para o Centro de Santo Antônio da Patrulha. A iniciativa foi realizada em parceria com o Departamento de Engenharia e Arquitetura (DEA), vinculado à Secretaria Geral de Governo, Planejamento e Gestão.

O projeto teve início após a saída realizada no Centro com a esgrimista paraolímpica Mônica Santos, onde foram apontadas diversas dificuldades de locomoção e acessibilidade, principalmente para deficientes físicos e idosos. Além dos lugares inacessíveis, como rampas de acesso para deficientes, foram apontadas diversas irregularidades, registradas em fotos e vídeos. Os principais problemas são rampas para cadeirantes que não atendem a legislação ou que foram feitas de forma errada; veículos estacionados em frente e/ou próximos demais do acesso, impossibilitando a passagem; além da colocação, proibida por lei, de placas, sobretudo de comércio, em passeio público.

Com isso, o projeto de acessibilidade apresentado para o prefeito Daiçon Maciel da Silva e para o diretor de Trânsito, Paulo da Costa, aponta mais faixas de segurança com a devida sinalização e acesso. Além disso, a fiscalização de irregularidades perante a lei deverá ser cobrada com mais rigor, visando transitabilidade.

Para o Daiçon, o projeto é de extrema importância para o Santo Antônio da Patrulha. “Em nosso município temos mais de 200 cadeirantes cadastrados, são pessoas com deficiências motoras. Precisamos unir esforços para realizar as melhorias necessárias no centro da cidade e posteriormente expandir este projeto”, disse.

A presidente do Compede, Monia Santos, destacou a importância da junção de forças entre prefeitura, iniciativa privada e comunidade para que “tenhamos, de fato, uma cidade acessível”. Destacou, ainda, que a lei deve ser cumprida e acompanhada de rígida fiscalização.

Secretaria Geral de Governo, Planejamento e Gestão – SEGPG 

Fonte: ACS-PREFASAP